Aqueles que voltaram da Morte

Jozef Rulof

 
 
 
 

Resumo

O segundo título de Jozef Rulof, “Aqueles que voltaram da Morte”, é igualmente uma excelente introdução à sua série de livros.
Jozef trabalhou durante bastante tempo como médium curador.
Sob a direção do seu líder espiritual, Alcar, ele curou muitas pessoas.
Durante os seus últimos dias de vida na Terra, o Jozef conseguiu através de irradiação curativa, ajudar outras pessoas doentes que estavam no fim das suas vidas terrenas, aliviando com este tratamento o sofrimento físico.
Muitas vezes ele podia, pela sua clarividência, manter contato com essas pessoas durante e mesmo depois do seu falecimento na Terra.
Neste livro tomamos conhecimento como três dos seus pacientes, após a sua morte, retornam (Port. regressam) ao Jozef para falar com ele e a humanidade sobre as suas experiências.
O primeiro paciente deu durante a sua vida amor incondicional a todas as pessoas que se dirigiam a ele.
A sua morte processa-se de forma calma e modesta, já que, sendo uma personalidade espiritual, já se havia desprendido durante a sua vida dos seus sentimentos terrenos.
Nós podemos ler como o espírito se desprende durante o falecimento do seu corpo terreno e como ele é “resgatado” pelo seu filho já falecido.
Um amor que através da morte une as almas umas às outras.
Na segunda parte, Jeanne conta como durante o seu falecimento ela se incomoda com a tristeza da irmã que cuida dela.
A sua irmã quer manter a Jeanne para a vida terrena mas Jeanne considera isso como um “entrave”, o que dificulta a sua despedida da existência terrena.
A terceira parte tem como subtítulo “O retorno (Port. regresso) de alguém que zombava daquilo que ele não entendia”.
Esse “alguém” é o Gerhard, um conhecido de Jozef Rulof.
Gerhard ridiculariza a idéia da existência dum mundo espiritual.
Seu lema é “morte é morte” e “mortos se deve deixar em paz”.
Jozef não consegue convencê-lo que os próprios ‘mortos’ vieram até ele para convencer a humanidade da sua vida celestial.
Gerhard se isola totalmente perante esta ciência espiritual.
Depois da sua morte, Gerhard entra numa esfera astral que se formou devido ao seu isolamento.
Ele se encontra confinado a uma espécie de clausura astral, donde ele não poderá sair até ele se abrir do fundo da alma para a verdade espiritual da continuação da vida após a morte.
Ele percebe, desesperadamente, que a esfera astral representa um espelho perfeito dos seus sentimentos interiores.
Depois do seu “retorno da morte”, ele conta a Jozef sobre a sua luta terrível “entre a vida e a morte” para se desfazer da sua descrença, da sua zombaria e do seu isolamento.
Ele grita, literalmente, ao leitor, alertando para que este, já durante a vida terrena, comece a sentir e a pensar espiritualmente, para que não entre na miséria em que ele se encontrara.
Pela descrição da sua luta ele dá uma visão profunda de como nos podemos desfazer das nossas características inferiores e para a ‘luz’ da nossa própria evolução espiritual.
“Os que voltaram da morte” segue onde terminam as “experiências de quase-morte”.
O livro oferece o seguimento dos acontecimentos de milhões de pessoas em todo o mundo que já experimentaram um olhar sobre a continuação da vida espiritual.